Qual a importância de definir um valor no meu serviço?

Last modified date

Comments: 0

Inicialmente uma coisa precisa ficar muito clara na sua cabeça. Preço e valor são coisas diferentes, assim sendo, tome muito cuidado para não se confundir na hora de montar o seu orçamento. 

Valor é a percepção de mercado que o seu trabalho pode conseguir para os seus clientes, quem é o público que vai consumir este produto? Estas questões ajudam você a definir, enfim, o preço do seu trabalho. Que, aí sim, envolve o cifrão referente ao seu trabalho. 

COMO SE PORTAR COM UM CLIENTE QUE ACHOU O MEU TRABALHO CARO? 

Bom, pressupondo que o cliente achou seu trabalho caro, entende-se que ele não é o seu cliente ideal. Tem mercado de atuação para todos, não se preocupe com o fato do cliente ter achado o seu serviço “caro”, coloco aspas na palavra, pois, é justamente bastante relativo o caro e barato. 

O que você deve realmente se dedicar cegamente é em conhecer o seu público. Estude constantemente quais as suas ações de mercado, converse bastante com esta personalidade que você traçou alcançar. Desta forma, dificulta bastante você ouvir a frase “está muito caro”.

A IMPORTÂNCIA DE DEFINIR UM VALOR PARA O SEU TRABALHO

Quando você define um valor e tem isso bem enraizado no seu trajeto profissional, a percepção de mercado vem automaticamente sobre você. Para chegar a uma conclusão do seu valor, é fundamental que você tenha duas perguntas: 

Quanto vale o meu trabalho? | Quem está disposto a pagar por este serviço?

Nesta hora que entra o seu posicionamento no mercado. Assim que essas questões ficam claras para você profissionalmente, a sua posição no mercado vai fazer você atrair um público que reconheça o valor do seu serviço e pague o preço que estipulou. 

PODE DAR DESCONTO? 

O mais recomendado neste caso é que você tenha em seu orçamento uma porcentagem para negociação de 5% a 15% para você conseguir brigar na margem. 

Mas, tome cuidado com essa margem. Como já dissemos, vai existir cliente que vai achar o seu trabalho muito caro, não ceda esse desconto à esses, pois pode ocorrer de seu serviço ganhar uma certa desvalorização, em certos casos é interessante como estratégia de mercado, você recusar o serviço.

Pode soar como besteira, mas é um efeito dominó. Este cliente que conseguiu negociar com você para que pagasse mais barato, pode gostar do seu trabalho e acabar recomendado para seus amigos. Mas esses amigos, irão querer o mesmo preço que foi pago pelo seu colega. Aí, o seu posicionamento de mercado pode virar contra você, pois pode ser tarde para reverter a situação. 

MAS COMO NEGAR UM SERVIÇO?

Essa pergunta é bastante complexa e com diversas variáveis. Mas, pegando a situação que mais foi comentado em nosso texto, vamos ilustrar  quando o cliente acha muito caro o seu preço e pede um desconto. 

O posicionamento deve aparecer justamente nesta hora. Entenda, você fez um estudo muito grande para chegar no preço do seu serviço, custo do trabalho, Salário, Definição da margem, sem contar, caso tenha um espaço, a contabilização do aluguel, energia elétrica, água, internet e principalmente, seus equipamentos. Baseado nisso, é bastante incoerente você acabar dando desconto e acabar desvalorizando o seu trabalho. 

Então, quando você tem esses cálculos definidos na sua cabeça, “negar” um serviço, torna-se um processo comum. Na realidade, não chegará ao ponto de não aceitar efetivamente o serviço, mas o cliente, muitas vezes, irá entender que não cabe em suas economias o seu produto e está tudo bem! Lembra do público alvo? Então, ele não era o seu nicho, fim. 

A conclusão disso tudo e respondendo a pergunta do título deste blog, é necessário que tenha bastante estudo sobre o seu trabalho e o que irá oferecer. Assim, a definição do valor do seu serviço, fica muito mais transparente na montagem. 

fstop

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post comment